Domingo, 17 de Fevereiro de 2008
PENELA, NATAL, PRESÉPIO NATURAL

Penela, Natal 2008, Presépio Natural. António Jesus Simões - Menção Honrosa - concurso "Um olhar sobre Sicó"



publicado por ansiaonews às 22:09
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De António Simões a 18 de Fevereiro de 2008 às 03:14
A História desta foto tem a ver com a minha noite de Natal.
Penela é um ponto de passagem, sempre que temos que ir até Coimbra.
Terras de Sicó e Coimbra estão eternamente ligadas. A natureza não tem alternativas, como as que os homens desenham em mapas sem verem a realidade. Ansião tem muito mais a ver com Penela, com Coimbra do que tem a ver com Leiria, por muito que consideremos esta cidade.
Os meus filhos vivem em Coimbra.
Agora a história da foto:
-Mãe, este ano vamos comer o bacalhau a casa do Nuno.
-Ó filho, tu és doido! Então eu, com 81 anos, que toda a vida aqui fiz a consoada, à lareira, como é que vou daqui sair?
-Mãe, a vida está sempre em transformação. Ontem nós éramos os teus filhos, hoje somos os pais dos nossos e…
-Mas aqui neste cantinho, com as filhozes que vocês tanto gostam…
-Faça as filhozes e vamos comê-las a casa do seu neto…
A mãe lá se convenceu.
Nessa noite, os muitos filhos que esta mãe gerou, dividiram-se pelas suas novas famílias. O Pai já há muito que partiu…
A mãe, a avó, reparte-se agora entre os muitos requerimentos da família, que ela habilmente vai recusando, graças às galinhas e coelhos que não prescindem da sua presença.
Mas, na noite de natal, a voz do filho mais velho pregou mais alto. E ela anuiu. Fomos para Coimbra, calmamente.
A mãe aproveitou para ver as iluminações que cada terra faz a seu contento.
Penela é um ponto especial. A sua disposição natural, com um castelo protector, faz deste sítio um postal natural, daqueles que todos os cartazes turísticos gostariam de ter.
-Mãe, vou parar para admirar este presépio natural.
-Ó filho, és mesmo maluco! Parar aqui com este frio?!!
-Qual frio? Os meus olhos estão a precisar do calor desta imagem tão bonita para confortar a nossa noite.
E foi assim que nasceu esta foto duma noite de Natal, em que Penela, presépio natural, era beijada por uma lua, qual estrela, que acenava aos reis magos o caminho da gruta de Belém.


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.links
.subscrever feeds